Numa sociedade cada vez mais envelhecida, as profissões ligadas aos cuidados geriátricos ganham cada vez mais destaque e importância. Apesar do gosto pela profissão ser essencial, é também muito importante saber cuidar de um idoso para que seja possível proporcionar a melhor qualidade de vida possível. Esta foi uma das preocupações da nossa formanda Maria de Lurdes Vieira. Potencializar os seus conhecimentos fará com que seja uma profissional polivalente e abrir-lhe-à muitas portas. Com um percurso formativo excecional, a Maria de Lurdes termina o Curso de Auxiliar de Geriatria com 19 valores e com uma bagagem imensa de conhecimentos que acrescentará à experiência que já tem. E que orgulho temos no seu percurso! Por isso, não podemos deixar de partilhar o testemunho que nos deixa e as opiniões acerca da Master D que nos vão chegando de várias formas e que nos deixam muito felizes por sabermos que mudamos a vida de quem nos procura.

 

A opinião de Maria de Lurdes Vieira acerca do Curso de Auxiliar de Geriatria


Chamo-me Maria de Lurdes Ramos Lima Vieira, tenho 50 anos, e frequentei o Curso de Auxiliar de Geriatria.

A escolha deste curso surgiu numa altura em que fiquei desempregada e senti a necessidade de apostar na minha formação. Uma vez que já tenho alguma experiência em cuidar de idosos (16 anos) optei pelo Curso de Auxiliar de Geriatria para desenvolver mais conhecimentos e para futuramente conciliar os conteúdos abordados com a experiência já adquirida e assim fortalecer o meu papel profissional.

A prática ao longo destes anos fez-me sentir necessidade de abordar alguns temas de forma mais aprofundada, pois algumas práticas utilizadas surgiam em função do senso comum e não com base em conhecimentos mais corretos. Esta realidade fez-me procurar a Formação em questão e recorri ao Master D. Comecei por ver os conteúdos que seriam abordados e confesso que senti algum receio pela quantidade de temas abordados que inicialmente eram estranhos para mim e por muitos dos termos técnicos utilizados que desconhecia e que achavam que iam ser um “quebra-cabeças”.

No decorrer da formação, com todos os materiais didáticos disponibilizados e com a constante ajuda e disponibilidade da Orientador e E-tutora tudo se tornou mais fácil e todas as minhas dúvidas eram facilmente esclarecidas.
As matérias eram apresentadas de forma muito completa e os exercícios a realizar permitiam rever toda a matéria e assim uma melhor preparação para os exames.

Não posso afirmar que foi um processo fácil, pois exigiu muito estudo e dedicação, mas como tudo na vida sem esforço não se consegue alcançar os nossos objetivos. E reconheço que foi um esforço muito gratificante e com resultados muito positivos, pois adquiri muitos conhecimentos úteis para o dia-a-dia dos nossos idosos.

Por este motivo aconselho vivamente a realização desta formação com empenho, uma vez que a nossa população está a ficar muito envelhecida e precisamos de pessoas para cuidar dos nossos idosos com formação reconhecida.
Eu sinto-me muito satisfeita com os resultados alcançados, com os saberes adquiridos e com o facto de terminar esta formação com sucesso.

Um Bem Haja a todos e Boa Sorte para os novos formandos!

 

Impossível é ficar indiferente a testemunhos como este que nos deixa a Maria de Lurdes Vieira, bem como o que se segue da Carla Antunes:


Artigos relacionados

Artigos recentes:

Categorias:

Siga-nos: